HomeEmpresaSoluçõesServiçosNotíciasContato
04/12/2012
O que é ERP - Enterprise Resource Planning?

Grandes empresas com grande produção, movimentação e prestação de serviços e produtos necessitam de um controle sistemático e robusto no seu Sistema de Informação. Tais atividades não podem se ausentar se quer 1 minuto, e é para isso que as Soluções E.R.P. existem. Conheça agora o Funcionamento destes Softwares.

O que é ERP?
A sigla (E.R.P.) significa: Enterprise Resource Planning, Planejamento de Recursos Empresariais. ERPs são sistemas desenvolvidos para controle de vários departamentos e processos de uma organização, softwares E.R.P. possuem uma grande complexidade tanto no seu desenvolvimento como no manuseio do programa em geral.

Quando implantar?
O consentimento da implantação de um pacote como este requer muitos estudos, pois as mudanças durante e após a integração do sistema junto à organização pode trazer certo impacto nos processos que por sua vez eram realizados de formas diferentes. A decisão de implantar um Software E.R.P. não deve, de maneira alguma, ser tomada mediante circunstâncias de pressão ou urgência.

A importância de um ERP nas empresas
Entre as mudanças mais palpáveis que um sistema de ERP propicia a uma corporação, sem dúvida, está a maior confiabilidade dos dados, agora monitorados em tempo real, e a diminuição do retrabalho. Algo que é conseguido com o auxílio e o comprometimento dos funcionários, responsáveis por fazer a atualização sistemática dos dados que alimentam toda a cadeia de módulos do ERP e que, em última instância, fazem com que a empresa possa interagir. Assim, as informações trafegam pelos módulos em tempo real, ou seja, uma ordem de vendas dispara o processo de fabricação com o envio da informação para múltiplas bases, do estoque de insumos à logística do produto. Tudo realizado com dados orgânicos, integrados e não redundantes.

Para entender melhor como isto funciona, o ERP pode ser visto como um grande banco de dados com informações que interagem e se realimentam. Assim, o dado inicial sofre uma mutação de acordo com seu status, como a ordem de vendas que se transforma no produto final alocado no estoque da companhia.

Com a utilização do ERP, acaba-se a complexidade do acompanhamento isolado de cada processo. Desse modo a empresa consegue mais subsídios e tempo para planejar, diminuir gastos e repensar sua cadeia de produção, podendo chegar a produzir de forma mais eficiente, reduzindo os custos e melhorando a qualidade dos produtos.

Vantagens de ter um ERP
Algumas das vantagens da implementação de um ERP numa empresa são:
- Eliminar o uso de interfaces manuais
- Otimizar o fluxo da informação e a qualidade da mesma dentro da organização (eficiência)
- Otimizar o processo de tomada de decisão
- Eliminar a redundância de atividades
- Reduzir os limites de tempo de resposta ao mercado
- Reduzir as incertezas do Lead time
- Incorporação de melhores práticas (codificadas no ERP) aos processos internos da empresa
- Reduzir o tempo dos processos gerenciais
- Redução de estoque

Desvantagens de ter um ERP:
Algumas das desvantagens da implementação de um ERP numa empresa são:
- A utilização do ERP por si só não torna uma empresa verdadeiramente integrada;
- Altos custos que muitas vezes não comprovam a relação custo/benefício;
- Dependência do fornecedor do pacote;
- Adoção de melhores práticas aumenta o grau de imitação e padronização entre as empresas de um segmento;
- Torna os módulos dependentes uns dos outros, pois cada departamento depende das informações do módulo anterior, por exemplo. Logo, as informações têm que ser constantemente atualizadas, uma vez que as informações são em tempo real, ocasionando maior trabalho;-
- Aumento da carga de trabalho dos servidores da empresa e extrema dependência dos mesmos;

Custo / Benefício / Tempo
Empresas de Desenvolvimento que prestam serviços de Soluções E.R.P., normalmente possuem valores muito flexíveis ao formato da empresa contratante, porém o custo num investimento como este é muito alto. Os benefícios notórios e generalizados de um E.R.P. são: Segurança, Redução de Custo, Agilidade nos Processos, Sustentabilidade, etc. Quanto ao tempo de implantação total e funcionamento operacional, este pode variar de 6 a 24 meses ou mais.

Uso do Software
Um dos pontos fortes do sistema é a integração entre os módulos. Os monitores, as operações e a navegação dentro do sistema são de tal forma padronizada que, à medida que o utilizador se familiariza com um módulo, aprende mais facilmente e rapidamente os demais. Os acessos às informações são realizados através de menus com utilização de senhas, permitindo que se controle quais os utilizadores que têm acesso a que tipo de informações. Além disso, os menus são customizados de forma que cada utilizador visualize e tenha acesso somente às operações que atendam aos objetivos específicos de seu interesse.

Por: Arilson Junior | Data: 15/07/2011 | atualização: 04/12/2012 08:05


Referencia:
http://www.oficinadanet.com.br/artigo/business_intelligence/solucoes-erp?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+oficinadanet_rss+%28Oficina+da+Net+-+Feed%29

Mais notícias
  • o que é erp - enterprise resource planning?
  • crm social, negócio social e consumidor social
  • crm está entre as dez prioridades dos cios para este ano, aponta gartner
  • oito tendências de crm merecem a sua atenção
  • gartner - tendências para o crm em 2012
  • crm: os 10 itens mais necessários hoje
  • como o bi deve funcionar
  • seis tendências do bi que nenhuma empresa pode ignorar
  • crm e o uso inteligente da informação
  • a inteligência de negócios se volta para o futuro
  • Mais notícias
    2009-2017 - GDI Solution - Todos os direitos reservados.